Ewigkeit

Eternidade

O que é isso que eu busco e nunca encontro? Procurei nos becos, nos filmes, nos livros, na poesia. Nos amores que vivi, vivo e que viveram em mim. Uma busca exaustiva que nunca tem fim, uma busca cercada de morte por todos os lados, com a ampulheta do tempo a me intimidar. O que é isso que dá frio no estomago, como um radar, a sentir sua aproximação. O que é isso que sinto? Que angústia maravilhosa! Música! Música! Música! Dê-me mais música! O que mais poderia confessar a mim meu desejo de eternidade?